Vacinas que a Gestante Deve Tomar: 3 obrigatórias e 6 a depender

Vacina da Poliomielite Sorocaba
Vacina da Poliomielite: : Entenda a Importância
4 de janeiro de 2021
Cárie nos dentes de leite
Cárie nos dentes de leite: Como evitar?
12 de fevereiro de 2021
Vacinas que a Gestante Deve Tomar

Quando estamos à espera do nosso filho, a maior preocupação que temos no momento é garantir que ele seja concebido com saúde. 

É por isso que as gestantes fazem o pré-natal e todo um acompanhamento durante a gestação. É fundamental que mamãe e bebê sejam protegidos nesse período maravilhoso.

E isso inclui também a prevenção e imunização. Por isso, uma das perguntas que ouvimos frequentemente é: quais vacinas uma gestante deve tomar?

Nós preparamos este artigo para te ajudar, baseado no Calendário de Vacinação de Gestantes oferecido pela SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações)

A relação da imunização grávida-bebê

Quando falamos da importância das vacinas para grávidas, é porque a vacina que a futura mamãe recebe é transmitida para o bebê pela placenta durante a gestação. Após o nascimento, ainda é transmitido durante o processo de aleitamento materno.

Existem três “categorias” de vacinas para grávidas. As recomendadas, as recomendadas em situações especiais e as contraindicadas. 

Vamos entender mais sobre elas?

Vacinas recomendadas para grávidas

Influenza

A vacina da influenza faz mais do que imunizar contra o vírus da gripe. Ela atua na proteção também contra a bronquite e pneumonia (quadros mais graves), que acontece pela menor imunidade. 

A vacina da gripe é fundamental pois protege a mãe e o bebê até o sexto mês de vida.

Ela é aplicada em dosagem única e recomenda-se que a gestante tome durante qualquer mês da gravidez ou em até 45 dias do parto quando não tomada durante os nove meses de gestação.

Hepatite B

A vacina da Hepatite B é importante para, entre outras funções, diminuir a chance de partos prematuros. Além disso, a gestante contaminada pode transmitir ao bebê a doença. Por isso a importância dessa vacinação.

A vacina da Hepatite B em gestantes deve ser aplicada em três doses, a partir do segundo trimestre da gestação. Caso a futura mamãe já esteja com a vacina em dia, não é preciso aplicar doses de reforço ou iniciar um novo esquema vacinal.

Tríplice bacteriana (dTp)

Essa vacina protege, como o nome diz, contra três doenças: Difteria, Tétano e pertussis (coqueluche).

No caso da vacinação em gestantes, ela possui a função de proteger a contaminação do bebê pela bactéria da coqueluche, também conhecida como tosse comprida. 

Além disso, ela ainda imuniza o bebê contra o tétano neonatal, também conhecido como “mal dos sete dias”. Essa é uma infecção que pode acontecer, por exemplo, ao cortar o cordão umbilical, por causa de instrumentos contaminados e atingir o sistema nervoso central (SNC). 

A doença pode causar desde dificuldades na amamentação casos mais graves seguidos de óbito.

Como é uma vacina tríplice bacteriana (protege contra três bactérias), ela protege também contra a difteria, doença que ataca garganta e nariz.

Esquema vacinal Tríplice Bacteriana (dTp): 

  • Documento de vacinação com 3 doses contendo o componente tetânico: 1 dose de dTpa a partir da 20ª semana de gestação;
  • Gestante apenas com 1 dose contendo o componente tetânico: 1 dose de dT e segunda dose realizar dTpa à partir da 20ª semana de gestação. Respeitando o intervalo de 30 dias entre as doses; 
  • Gestante não vacinas ou sem histórico vacinal: Duas doses de dT e a 3ª dose com dTpa à partir da 20ª semana de gestação. Respeitando o intervalo mínimo de 30 dias entre as doses.

Vacinas em situações especiais:

Consideramos vacinas de recomendação especial aquelas em que o obstetra recomenda a aplicação caso entenda que há algum tipo de risco para a mamãe ou o bebê.

São consideradas:

  • Hepatite A
  • Febre Amarela
  • Vacinas Pneumocócicas
  • Meningocócica C
  • Meningocócica B
  • Conjugadas ACWY

Vacinas contraindicadas para grávidas:

Apesar da vacinação ser fundamental para a saúde e proteção da mãe e do bebê, nem todas as vacinas podem ser tomadas. Existem algumas vacinas que são contraindicadas para gestantes. São elas:

  • Tríplice Viral (Caxumba, Rubéola e Sarampo)
  • HPV
  • Catapora
  • Dengue

Com exceção da vacina da dengue – contra indicada também para mamães que ainda estão amamentando – todas as outras podem ser aplicadas logo após o parto.

Vacinas para Grávidas em Sorocaba

Qualquer vacina deve ter a recomendação de um médico ou, no caso da gestante, de um obstetra. Essas são algumas vacinas que a gestante deve tomar, de acordo com o calendário da SBim

O Centro de Vacinação Bozelli está à disposição para orientação! 

fonte: https://sbim.org.br/images/calendarios/calend-sbim-gestante.pdf