A importância de iniciar as vacinas aos 2 meses de vida

Odontopediatria
Odontopediatria: Cuide da Saúde Bucal do seu Filho
30 de junho de 2020
Hiperidrose
HIPERIDROSE PRIMÁRIA
17 de julho de 2020
vacina aos 2 meses de vida

A chegada de um bebê é algo que proporciona muitas alegrias para toda a família.
A saída do hospital é um sentimento de “Oba! Vamos para casa”.

No mesmo momento e que se sente uma imensa alegria, também tem o medo, que é algo que todos os pais de primeira viagem vivenciam, pois são coisas da vida, que todos já passamos ou iremos passar.
Os dias passam e chega o primeiro mês vida… Que alegria! Em seguida o segundo mês de vida e com ele a aflição e preocupação de muitos pais: “E agora? Quando iniciaremos as vacinas? Como será? 

As falas sempre são as mesmas: “Vai doer?”, “Qual a reação?”, “Posso tomar no lugar dela ou dele?”. Mães que chegam até a chorar, antes mesmo de entrar na sala de vacinação, o sentimento de proteção e cuidado vêm à tona. 

Tudo isso é normal, precisamos passar por isso. Realizar a vacina é um ato de amor e que salva vidas.

Quando iniciar a vacinação em crianças?

A partir dos DOIS MESES de idade a criança iniciará, as visitas ao Centro de Vacinação. Serão encontros mensais que, depois passam a ser menos frequentes e com UM ANO E SEIS MESES, conclui essa fase da imunização. 

Lembrando que, a imunização nos acompanha em todas as fases da vida, necessitando de reforços periódicos de algumas vacinas. 

 A avaliação e compreensão do Documento de Vacinação é muito específica e técnica e, por isso pensamos em descrever para vocês sobre: 

  • Composição das Vacinas 
  • O que elas previnem
  • Esquema de Vacinação

Obs: Precisamos lembrar que há diferença entre as vacinas oferecidas pela rede pública e privada.
A rede privada disponibiliza as vacinas em consonância com SBIM (Sociedade Brasileira de Imunização), respeitando o Programa Nacional de Imunização e promovendo maior abrangência na prevenção.   

Vacinas e sua proteção

Hexavalente Acelular: protege contra as doenças difteria, tétano, pertussis, poliomielite, Haemophilus e hepatite B.

Rotavírus (Pentavalente): protege contra infecções virais do trato digestório e gastroenterites. 

Pneumocócica 13 valente:  previne cerca de 90% das doenças graves (pneumonia, meningite, otite) em crianças, causadas por 13 sorotipos de pneumococos. (fonte: https://familia.sbim.org.br/seu-calendario/crianca)

Meningite ACWY: protege contra os tipos de meningite A, C, W, Y 

Meningite tipo B: protege contra o tipo de meningite B 

Pentavalente Acelular: protege contra as seguintes doenças difteria, tétano, pertussis, poliomielite, Haemophilus.

Tríplice viral: prevenção contra a doença de sarampo, caxumba e rubéola.

Varicela: prevenção contra a doença da catapora.

Febre amarela: estimula o organismo a produzir sua própria proteção contra o vírus causador da febre amarela 

Hepatite A: prevenção da doença pelo vírus hepatite A 

Tríplice bacteriana + poliomielite: prevenção contra as doenças difteria, tétano, pertussis e poliomielite 

Tríplice bacteriana: prevenção contra as doenças difteria, tétano, pertussis.

HPV: prevenção do papilomavirus humano.

Dengue: prevenção para os tipos de dengue 1, 2, 3, e 4. Indicada a partir de 9 anos, APENAS para quem já contraiu a doença)

Influenza tetravalente: previne a gripe causada pelo vírus da influenza dos tipos A e B. 

Idade da Vacinação em Crianças

2 meses Hexavalente + Rotavírus + Pneumocócica 13  
3 meses Meningite B +Meningite ACWY
4 meses Hexavalente ou Pentavalente + Rotavírus + Pneumocócica 13  
5 meses Meningite B +Meningite ACWY
6 meses Hexavalente + Rotavírus + Pneumocócica 13   Influenza Tetravalente *
9 meses Varicela ou Febre Amarela 
12 mesesTríplice viral + Varicela + Hepatite A pediatria 
13 meses Meningite B +Meningite ACWY
15 meses Pentavalente + Pneumocócica 13 
18 meses Hepatite A pediatria 
4 anos Tríplice bacteriana + Poliomielite 
9 anos HPV  Dengue **
9 a 10 anos Tríplice Bacteriana
  • Importante: 

*Influenza tetravalente: indicada a partir de 6 meses (anualmente).

Crianças de 6 meses a 9 anos que nunca receberam nenhuma dose da vacina anteriormente, necessário ter 2 doses com intervalo de 30 dias.
 

** Dengue: indicada a partir de 9 anos até 45 anos, somente para pacientes soropositivos para esta doença. 

Reações Pós Vacinação 

Após a administração das vacinas, algumas reações mais comuns podem ocorrer: vermelhidão, dor, inchaço ou febre, não é uma regra mas elas, podem aparecer. A equipe fornecerá previamente todas as dicas para minimizar os sinais e sintomas se, eles ocorrerem. 

Por que é importante atualizar o Documento de Imunização?

Atualizar e manter o Documento de vacinação em dia, contribui com o controle e erradicação das doenças. O mundo é imenso, mas as distâncias estão cada vez mais curtas devido às facilidades de deslocamento, e isso possibilita a circulação de agentes infecciosos até mesmo de um país para o outro, criando oportunidades para a reintrodução de antigas ameaças que é o que estamos vivenciando hoje com a volta do sarampo no país.

Onde encontrar a Vacina de 2 meses em Sorocaba?

A Clínica Einstein Bozelli é o lugar que você procura para a vacina de 2 meses em Sorocaba. Possuímos uma estrutura completa para você manter o documento de vacinação do seu bebê em dia!

(fonte: https://familia.sbim.org.br/vacinas/perguntas-e-respostas?start=10)