Hérnia Inguinal: tudo o que você precisa saber sobre

Dispepsia Dor no estomago
Dor de Estômago: conheça causas, sintomas e tratamentos
30 de outubro de 2020
Fibrose Cistica
Fibrose Cística: o que você precisa saber sobre
19 de novembro de 2020
hérnia inguinal

O que é Hérnia Inguinal?

O que é uma hérnia? Uma hérnia é uma área de fraqueza ou “furo” (também conhecido como anel herniário) em algum tecido que está revestindo um órgão ou cavidade. Frequentemente, quando há uma hérnia, outras estruturas normalmente retidas pela camada danificada se projetam para fora do ponto de fraqueza ou rasgado.

Localização das hérnias

As hérnias podem ocorrer em diferentes partes do corpo. Quando ocorrem na virilha, podem se tratar de hérnias inguinais ou femorais. As hérnias inguinais ficam um pouco mais acima nessa região do que as femorais. Qualquer tipo de hérnia pode causar um abaulamento e formar um saco herniário. Em alguns casos, o saco pode conter uma alça do intestino ou mais frequentemente um pedaço de gordura que normalmente ficaria dentro da barriga.

As hérnias inguinais são mais comuns em homens do que em mulheres.

Sintomas da Hérnia Inguinal

Quais são os sintomas de uma hérnia na virilha? As hérnias na virilha nem sempre causam sintomas. Mas quando ocorrem, os sintomas podem incluir:

● Sensação de peso, incômodo ou fisgada na região da virilha

● Dor fraca e constante que piora ao forçar, levantar, tossir ou usar os músculos próximos à virilha

● Protuberância ou abaulamento na região

As hérnias podem ser muito dolorosas e até mesmo perigosas se o tecido do interior da hérnia ficar preso e incapaz de deslizar de volta para a barriga (conhecido como hérnia encarcerada ou estrangulada). Quando isso acontece, o tecido não recebe sangue suficiente e, por isso, pode ser danificado ou necrosar, tratando-se de uma situação grave e com necessidade de tratamento de urgência.

Causas da Hérnia Inguinal

As hérnias abdominais surgem em pacientes com predisposição genética ou que possuam outros fatores predisponentes como uso crônico de corticoides, tabagismo que levam a uma fraqueza tecidual e são desencadeadas por aumento da pressão intra-abdominal como  excesso atividades que exigem grande força física, tosse crônica, constipação ou até mesmo a gestação uma vez que aumentam a pressão intra-abdominal.

Também ocorre em bebês prematuros, onde pode não haver tempo suficiente para o fechamento do canal inguinal do bebê.

Hérnia Inguinal pode sumir?

Por se tratar de uma doença “mecânica”, um “furo” esse problema só pode ser corrigido através de cirurgia. Não melhorando com o tempo ou com a utilização de algum remédio. 

Quando procurar um médico?

Consulte um médico se você:

● Sentir ou veja uma protuberância na virilha

● Sentir uma sensação de fisgada ou dor na virilha, mesmo se você não tiver abaulamento

Na maioria dos casos, os médicos podem diagnosticar uma hérnia apenas fazendo um exame físico.

Durante o exame, o médico pedirá que você tussa enquanto pressiona a protuberância.

Isso pode ser desconfortável, mas é necessário encontrar a origem do problema. Em alguns casos será necessário a realização de um ultrassom.

Cirurgia

Nem todas as hérnias precisam de tratamento imediato. Mas a maioria deverá ser reparada com cirurgia.

Os cirurgiões podem reparar as hérnias na virilha de duas maneiras. A melhor cirurgia para você dependerá das suas preferências e da experiência do seu cirurgião.

Dependerá também do tipo e tamanho da sua hérnia, se esta é a primeira vez que ela está sendo reparada e de sua saúde geral.

Os 2 tipos de cirurgia são:

Cirurgia aberta – durante uma cirurgia aberta, o cirurgião faz uma incisão perto da hérnia. Em seguida, ele empurra suavemente o tecido saliente de volta ao lugar. Em seguida, o cirurgião costura a camada de tecido fraco novamente, de modo que nada possa sair. Na maioria dos casos, os cirurgiões também reforçam a área com um pedaço de tela. A malha retira a tensão da parede do tecido. Dessa forma, a hérnia não deve acontecer novamente.

Cirurgia videolaparoscópica – Durante a cirurgia laparoscópica, o cirurgião faz algumas pequenas incisões. Em seguida, ele insere ferramentas longas e finas na área próxima à hérnia e as utiliza para reparar a hérnia com tela por dentro de sua barriga.

Ficou alguma dúvida ou sentiu alguns dos sintomas listados acima? Consulte um médico de confiança. Ele poderá te orientar e ajudar no seu diagnóstico!