Dor de Estômago: conheça causas, sintomas e tratamentos

Metodo Bobath
Método Bobath
13 de outubro de 2020
hérnia inguinal
Hérnia Inguinal: tudo o que você precisa saber sobre
9 de novembro de 2020
Dispepsia Dor no estomago

A dor no estômago, ou dispepsia, é uma enfermidade que atinge boa parte da população brasileira. Quem nunca sofreu com dores no estômago, não é mesmo?

Por isso, neste artigo, vamos falar um pouco mais sobre essas dores no estômago sem motivo aparente, seus sintomas, causas e o que você pode fazer para evitar.

O que é dispepsia?

A dispepsia é um termo que engloba vários sintomas relacionados ao estômago, como dores, sensação de estufamento ou queimação. Pode estar presente em diversas doenças do aparelho digestivo, mas em alguns casos não encontramos nenhuma alteração no estômago que justifique essa situação.

Sintomas

Quando se tem dispepsia, há sensação de dor ou desconforto na barriga. Às vezes, esse é o único sintoma outras vezes, pode estar associado a:

● Queimação, também conhecida como azia

● Eructação

● Distensão abdominal (sensação de que sua barriga está cheia de ar)

● Sensação de saciedade precoce

Causas

Em alguns casos, as dores de estômago são causadas por um problema específico, como um desbalanço entre a produção de ácido e a da “camada de proteção” do estômago, ou a presença de uma bactéria chamada Helicobacter Pylori, levando a uma inflamação ou até mesmo a formação de uma úlcera. 

Nesses casos está recomendado a utilização de medicamentos que reduzam a quantidade de ácido no estômago. Esses medicamentos geralmente aliviam a dor de estômago e os sintomas que a acompanham, além da utilização de antibióticos, quando há presença do H. Pylori. 

Além disso a causa pode estar associada a outros problemas como intolerâncias alimentares, cálculos na vesícula biliar ou até mesmo presença de neoplasias

Dispepsia Funcional

Quando falamos da dispepsia funcional, estamos falando de uma situação em que os sintomas ocorrem e se exclui qualquer outra causa orgânica, como gastrite ou infecção por H. Pylori.  DIversas situações podem estar relacionadas com essa enfermidade como alguns hábitos alimentares, comer rápido demais, stress e ansiedade.

Quando consultar um médico

Se você está com dores no estômago, é importante que vá ao médico para que possa ser avaliado 

São sinais de que você deve buscar rapidamente um profissional de saúde:

● A dor é de forte intensidade e dura mais de uma hora

● Há presença de evacuações com sangue, diarreia ou vômito associados

● Se não consegue ingerir alimentos ou líquidos

● Presença de febre

● Dor recorrente

● Perda de peso

Diagnóstico

O diagnóstico da causa da dispepsia é feito após uma consulta com um especialista, no caso o gastroenterologista, ou até mesmo com um clínico geral

Alguns exames que podem ser solicitados são:

  • Endoscopia Digestiva Alta
  • Ultrassom de abdome
  • Exames de sangue

Como prevenir dores no estômago

Os alimentos que você ingere e a maneira como você os ingere podem ter um grande efeito sobre se você sente dor ou não.

Uma dica para diminuir suas chances de sentir dor de estômago é melhorar a sua alimentação e sempre que possível:

● Evite alimentos gordurosos, como carne vermelha, manteiga, frituras e queijo

● Coma de maneira fracionada, com pequenas refeições ao longo do dia, em vez de duas ou três grandes refeições

● Fique longe de alimentos que parecem piorar seus sintomas

● Evite tomar anti-inflamatórios. Ex.: Advil, Cetoprofeno

● Parar de fumar

● Se manter dentro do peso ideal

Você está lidando com alguns dos sintomas que mencionamos anteriormente? Consulte um médico de confiança para entender o seu diagnóstico e melhor forma de tratamento.

Já teve esse diagnóstico? Conte para nós nos comentários como foi o seu tratamento!