21 de Setembro – Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência

Fibrose Cística
6 de setembro de 2019
Setembro Laranja: Campanha da Sociedade Brasileira de Pediatria no Combate a Obesidade Infantil
27 de setembro de 2019
 

Em 2005 foi instituído no Brasil o dia 21 de setembro como o “Dia Nacional de Luta das pessoas com Deficiência”.

A data foi intencionalmente escolhida, pois sendo também o dia da Árvore e próxima ao início da Primavera, representa o renascimento e a renovação da busca por melhorias da inclusão e participação plena destas pessoas na sociedade.

Ao longo da história, muitas foram as práticas sociais em relação às pessoas com deficiência: exclusão, separação, integração e inclusão. Em geral, as conquistas surgiram a partir da união destas pessoas e seus familiares que procuram reduzir as desigualdades e equiparar as oportunidades.

Em 2006, a Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência da ONU definiu que “as pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual, ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas”.

Em 2015, no Brasil, a partir da participação da sociedade e de especialistas, foi sancionada a Lei Brasileira de Inclusão (LBI) que veio complementar e atender demandas específicas de nossa população.
A LBI salienta a perspectiva de que a deficiência está no meio, não nas pessoas, e quanto mais acessos e oportunidades uma pessoa dispõe, menores serão as dificuldades consequentes de sua característica.

O censo de 2010 mostra que há mais de 45 milhões de brasileiros com algum tipo de deficiência. Até o momento, inúmeros avanços foram obtidos, porém as barreiras ainda estão presentes. E nesse tempo de reflexão, estejamos atentos às barreiras atitudinais, identificando e removendo a rejeição, o medo, a inferioridade, a comparação e o preconceito. Uma sociedade boa para a pessoa com deficiência, é boa para todos.

Dra. Stella Spalutto de Barros Rossi – Fonoaudióloga
CRFA: 7239-sp