Cuidados com as Crianças Durante as Festas Juninas

03 de Junho – Dia da Conscientização Contra a Obesidade Mórbida Infantil
3 de junho de 2019
Tchau Bicão – Adeus à Chupeta e à Mamadeira
21 de junho de 2019
 

Chegou aquela época do ano repleta de festas, muitas guloseimas e brincadeiras que agradam a todos!

As Festas Juninas, apesar de assim chamarem, acabam se estendendo para os meses de julho e agosto.

As festas juninas no Brasil são, em sua essência, multiculturais. No entanto, o formato com que hoje as conhecemos tem sua origem nas festas dos santos populares em Portugal, especialmente a Festa de Santo Antônio, a Festa de São João e a Festa de São Pedro e São Paulo.

A música e os instrumentos usados (cavaquinho, sanfona, triângulo ou ferrinhos, reco-reco etc.) estão na base da música popular e folclórica portuguesa e foram trazidos ao Brasil pelos povoadores e imigrantes do país irmão.

A festa brasileira de São João é típica da Região Nordeste. Por ser uma região árida, o Nordeste agradece anualmente a São João Batista, mas também a São Pedro, pelas chuvas caídas nas lavouras.

Em razão da época propícia para a colheita do milho, integram a tradição as comidas feitas dele, tais como a canjica, a pamonha, , o milho cozido, a pipoca e o bolo de milho. Também pratos típicos das festas são o arroz-doce, a broa de milho, a cocada, o bom-bocado, o quentão, o vinho quente, o pé-de-moleque, a batata-doce, o bolo de amendoim, o bolo de pinhão entre outras delícias.

Porém, com os festejos do mês de junho os riscos dos acidentes com as nossas crianças aumentam. Portanto, vale apena redobrar a atenção:

Balão

No Brasil, soltar balão é considerado crime ambiental, punível com pena de até três anos de detenção e o pagamento de multa. Isso porque essa prática pode resultar em acidentes graves, como incêndios de grandes proporções em matas e até mesmo bairros ou, ainda, acidentes com aeronaves tripuladas.

Por isso, nunca solte balão e, caso presencie outra pessoa exercendo essa prática, denuncie para a polícia pelo telefone 190 ou pelo disque denúncia, 181.

Comidas e bebidas quentes

Do momento do preparo até a hora de servir, muito cuidado com alimentos e bebidas quentes.

Não deixe as crianças brincarem na cozinha enquanto prepara as comidas típicas das festas e lembre-se sempre de deixar os cabos das panelas virados para dentro do fogão.

Se possível não use toalhas compridas nas mesas onde os alimentos ficarão.

Crianças são muito curiosas e, ao tentarem ver o que há em uma panela no fogo ou ao se apoiarem nas toalhas de mesa, as comidas e bebidas quentes podem virar em cima delas e causar graves queimaduras.

Essas dicas valem para todos os meses do ano!

Fogueiras

Com o tempo frio, nada mais gostoso do que uma fogueira para esquentar a festa toda!

Mas, é fundamental manter a atenção nas crianças.

Não as deixe chegar perto da fogueira desacompanhadas. Além disso, deixe materiais inflamáveis, como álcool, fósforo e bombinhas, longe do alcance dos pequenos e do fogo.

Fogos de artifício

Não permita que as crianças fiquem perto de onde irá ocorrer a queima de fogos de artifício e nunca as deixe soltá-los.

Esse tipo de material é muito perigoso e só deve ser manipulado por profissionais.

Bombinhas e estalinhos

Ensine as crianças como elas podem brincar de forma segura com bombinhas e estalinhos, evitando estourá-los perto de outras pessoas ou de objetos que podem se quebrar e soltar estilhaços, como garrafas de vidro e latas de refrigerantes.

Explique às crianças que elas não devem carregar esse tipo de objeto nos bolsos, pois eles podem acidentalmente explodir e provocar uma queimadura grave. Avise-as, também, para não brincarem com bombinhas e estalinhos perto de fogo ou de objetos inflamáveis.

A Equipe Einstein Bozelli de Sorocaba deseja a todos um “Arraiá” seguro e maravilhoso!!!

 

Fontes:

https://criancasegura.org.br/

https://www.todamateria.com.br

super.abril.com.br