Doença de “Mão-Pé-Boca”

Metamorfose
10 de maio de 2019
Unidade Sedia Evento de Enfermagem
20 de maio de 2019
 

A doença mão-pé-boca é muito comum em crianças, antes dos cinco anos de idade, e nas trocas de estações, do verão para o outono e do outono para o inverno.

 

O que é “doença de mão-pé-boca”?

Trata-se de um vírus contagioso, o COXSACKIE, que causa ‘bolhas’ nas mãos, pés e ‘aftas’ na boca, mas pode aparecer também nos genitais (que podem até lembrar catapora) e febre alta.

 

Como se pega essa doença?

O contágio pode acontecer pelo contato com as ‘bolhas’, ou objetos contaminados com saliva ou fezes.

 

Como tratar?

O tratamento dos sintomas gerais como febre, coceira e dor, são realizados pelo Pediatra.

O Odontopediatra complementa esse tratamento fazendo laserterapia, para aliviar os sintomas dolorosos e acelerar a cicatrização das lesões, evitando a internação por desidratação.

Outras orientações importantes para o tratamento são:

– Usar escova extra macia e escovar normalmente (quando não for possível, limpar com fralda umedecida, mas é importante voltar a escovar o quanto antes);

– Oferecer alimentos mais frios ou gelados e macios;

– Evitar comidas salgadas, apimentadas, muito temperadas e ácidas.

 

Como prevenir?

– Higienizar o ambiente de troca de fraldas e descartar corretamente os itens sujos com fezes;

– Lavar as mãos e brinquedos com frequência;

– Não compartilhar objetos com outras crianças;

– Afastar-se de crianças com a doença e se reservar-se caso esteja com a doença.

 

Em caso de dúvida ou suspeita da doença, é importante procurar o pediatra e o odontopediatra para orientação e tratamento corretos.