Outubro Rosa – Dicas de Prevenção ao HPV

Setembro Amarelo – Preservação da Vida
12 de setembro de 2018
O que significa HPV?
19 de outubro de 2018

Outubro é conhecido como o mês Rosa, período em que se busca alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e do câncer do colo do útero.

Sabendo da importância dessa campanha, a Bozelli preparou uma série de três posts, com diversas informações sobre o HPV e sua relação com o câncer, incluindo alguns dos seus modos de prevenção. Para sua segurança, as dicas foram recolhidas de uma fonte confiável – o INCA, Instituto Nacional de Câncer.

As primeiras trazem detalhes sobre as vacinas contra o HPV (Papilomavírus Humano), um dos principais responsáveis pelo câncer do colo do útero. Confira elas abaixo, cuide de sua saúde e passe o conhecimento adiante:

Para que servem as vacinas contra o HPV?

As vacinas são preventivas, tendo como objetivo evitar a infecção pelos tipos de HPV nelas contidos.

A vacina quadrivalente está aprovada no Brasil para prevenção de lesões genitais pré-cancerosas de colo do útero, vulva e vagina em mulheres e, em mulheres e homens, de verrugas genitais. Esses problemas são relacionados aos HPV 6, 11, 16 e 18.

Já a vacina bivalente está aprovada para prevenção de lesões genitais pré-cancerosas do colo do útero em mulheres, relacionadas ao HPV 16 e 18.

Nenhuma das vacinas é terapêutica, ou seja, não há eficácia contra infecções já existentes.

As vacinas são seguras?

Sim, as vacinas são seguras e bem toleradas pelo organismo. Quando correm eventos adversos, os mais observados incluem dor, inchaço e vermelhidão no local da injeção e dor de cabeça de intensidade leve a moderada.

Por quanto tempo a vacina é eficaz?

A duração da eficácia foi comprovada até 9 anos, mas ainda existem lacunas de conhecimento relacionadas à duração da imunidade em longo prazo (por quanto tempo as três doses recomendadas protegem contra o contágio pelo HPV) e à necessidade de dose de reforço (aplicação de novas doses da vacina no futuro na população vacinada).